21 de dezembro de 2021 às 07:19

FALENCIA OU ESTRATÉGIA?

ITAPEMIRIM ESTRAGA FESTA DE FINAL DE ANO DE MILHARES DE BRASILEIROS. 

Crédito:https://www.planocritico.com/critica-ferias-frustradas-2015/

Diz o ditado popular: "desgraça nunca vem desacompanhada", em 2020 e 2021, o mercado de turismo entendeu bem o motivo deste dito.

Para fechar o ano, entre os amigos secretos e jantares de confraternização, a ITA, anuncia encerramento das atividades, causa demissões, confusões e muito furor entre os passageiros que ficaram literalmente no chão do aeroporto.

Sem remorso natalino e sem delongas, como fez AVIANCA, usou o método alopático, cortou na raiz, e terminou o que nem começou.

Seguramente deve ser a menor historia de uma empresa aérea. Tema curioso para uma investigação. Como uma empresa monta um arsenal deste porte e na seqüência fecha as portas? A mesma empresa que anunciou investimentos fora do Brasil? Estamos falando de uma CIA AÉREA e não de barraca de hot dog.

Será mesmo que a ITAPEMIRIM, empresa do seguimento de transportes rodoviários, há dezenas de anos em atividade, errou a mão em abrir um novo segmento? Não acredito! E não coloquem a conta para a COVID, este vírus não tem nada a ver com este erro e outros que estão por ai no setor.

Eu sinceramente com meus anos de experiência no mercado, aposto minhas fichas em mudança de planos, nos investimentos e amadorismo por parte da ITA. Alias amadorismo sim pode ser colocado na conta da covid. Varias empresas do setor apresentam aventureiros em suas lideranças neste momento, e estes estão errando feio nas suas decisões. 

O Brasil tem leis muito permissivas para atitudes como esta, não seria a primeira vez que uma decisão de encerrar uma empresa, usando o caminho da "falência" para lograr isenção, total ou parcial, de responsabilidades fora utilizada.

Novamente, a conta do retrabalho ficará com as agencias, agentes e funcionários de aeroportos, que não recebem nada por isso, e quando ocorrem estes problemas, passam horas e horas com clientes agressivos e descontrolados em suas mesas e balcões, sendo ameaçados e sofrendo abusos físicos e psicológicos  

Esta semana, um vídeo de uma agente de viagens circulou por todas as redes sociais, nele uma atendente completamente acuada e supostamente ameaçada dentro de uma agencia de viagens, agride verbalmente a cliente, o vídeo deixa claro o descontrole generalizado que permeia o turismo e que agora potencializou.

Que venha o novo ano, que já trás na bagagem: as contas de 2020 e 2021 que ainda não foram pagas, impostos atrasados, os reembolsos dos não embarcados, eleições presidenciais, dólar e euro nas alturas, ações em queda e agora os passageiros da ITA sem vôo. Será que dá tempo para algo mais em 2021? Já podemos abrir a Cidra e o Panettone do Extra? Ah, corra para comprar, porque o Extra também esta fechando as portas.             

Fonte: CLIENT

comentários

Estúdio Ao Vivo