12 de janeiro de 2022 às 13:12

O que é o clube dos 27?

Por Renan Rugolo Ré, redator SEO do Grupo Braços Abertos
Curiosidades sobre o Club dos 27 que irão te deixar de queixo caído.

Crédito:Unsplash Banco de Imagem


O famoso Club dos 27 está relacionado aos maiores compositores e músicos que morreram no auge de suas carreiras, aos vinte e sete anos. Normalmente a causa de suas mortes está atrelada a overdose, acidentes, homicídio e suicídio. O Grupo Braços Abertos apresenta a lista completa do Club dos 27 de modo a ressaltar a importância da vida sem vício algum.


Uma lista que começa em 1969 e termina em 2011 e que será memorável para sempre pelas mais diversas personalidades. Conhecidos mundialmente, esses cantores e compositores tocaram os corações de milhares de pessoas, além de deixar uma marcante trajetória em suas carreiras.


Personalidades integrantes do clube


Para começar a nossa jornada, como personalidade conhecida e primeiro membro do clube, está o músico multi-instrumentista e fundador do Rolling Stones, Brian Jones. A causa oficial da sua morte foi apontada como morte acidental por afogamento em piscina em 3 de julho de 1969.


Em 18 de setembro de 1970 o guitarrista, compositor e líder das bandas Band of Gypsys, Jimi Hendrix morreu asfixiado pelo seu próprio vômito após combinar vinho com pílulas para dormir.


Outra ilustre personalidade que perdeu sua vida logo após Jimi foi a vocalista principal da banda Big Brother e The Holding Company, a cantora Janis Joplin. Em 4 de outubro de 1970 a autópsia realizada no corpo da vocalista apontou alto índice de heroína e álcool, o que sugeriu overdose como causa da morte.


No próximo ano, em 3 de julho de 1971 o vocalista do The Doors deixava um legado e ao mesmo tempo o mundo perplexo. Por conta de uma insuficiência cardíaca, Jim Morrison não resistiu e acabou sendo manchete global, contudo não foi realizada uma necropsia para avaliação de drogas em seu corpo.


Pintor, grafiteiro e integrante da banda Grey, Jean Michel Basquiat, por conta de uma overdose de uma droga chamada speedball acabou perdendo sua vida em 12 de agosto de 1988. Após sua morte, um filme que levava seu nome foi lançado contando sua trajetória de vida e foi dirigido por Julian Schnabel e Jeffrey Wright no papel de Basquiat.


Uma das mortes mais bizarras e que gerou diversos documentários posteriores pelo mistério envolvendo sua esposa Courtney Love, é o suícidio por arma de fogo do vocalista da banda Nirvana em 5 de abril de 1994, Kurt Cobain. Sua morte rendeu mistérios na mídia porque Kurt morreu no ápice da sua carreira e não demonstrava sinais de depressão, pelo menos para o público.


A última integrante do clube dos 27 foi a cantora e compositora britânica que emplacou um álbum que permaneceu na Billboard durante semanas com as músicas ``Rehab, Back to Black e You Know I’m no Good'' de Amy Winehouse. Sua morte estampou os noticiários mundiais em 23 de julho de 2011 devida uma intoxicação alcoólica e um conjunto de outras drogas.


Dependência de drogas, álcool e recursos ilimitados


Um conjunto de fatores foi decisivo para que essas personalidades inusitadas e famosas tivessem um triste fim, sendo elas a dependência de drogas, álcool, pressão por conta de suas profissões e recursos praticamente ilimitados. A insanidade provocada pelo álcool, drogas e remédios levaram esses artistas a um fim trágico e sofredor.


As drogas e o abuso de álcool, chega a ser uma prática comum entre os artistas, compositores, vocalistas, integrantes de bandas, diretores de cinema e até mesmo intérpretes de fotografias de Hollywood. Contudo, essa prática aliada à muita grana, pode fomentar um ciclo vicioso e fatal.


Com recursos praticamente ilimitados essas personalidades podem passar dos limites quantas vezes bem entenderem, a hora que quiserem mas podem pagar um alto preço por isso. O cantor Elton John, foi um dos artistas que quase pagou com sua vida o abuso de drogas por conta de uma overdose de medicamentos aliado ao consumo de álcool e cocaína.


Em seu filme Rocket Man, é possível conhecer os bastidores da vida de uma pessoa famosa e como o vício pode tomar conta da vida da pessoa. Elton, com muita dificuldade, conseguiu mudar de vida. Algo que todos os integrantes do clube dos 27 não foram capazes. 


Você não precisa chegar no seu limite para se recuperar


Infelizmente a morte dessas pessoas demonstra que infelizmente as drogas e o álcool levam as pessoas ao limite da insanidade ao ponto de deixarem de fazer uma coisa simples, viver a vida. Fugir das pressões e desafios da vida numa substância, tem um preço altíssimo e que foi pago pela própria morte dessas personalidades.


Assim, você não precisa chegar no seu limite para se recuperar, você pode ser precavido. Nós do Grupo Braços Abertos sabemos dos problemas que pessoas adictas a álcool e drogas sofrem. Por conta de fatores como esses que é importante ter uma rede de apoio ao recurso terapêutico como uma internação.


As clínicas filiadas ao Grupo Braços Abertos são instituições que contam com tratamento de ponta para pessoas que necessitam de intervenção terapêutica e assistencialismo 24 horas por dia, sete dias por semana. Com o maior portal de encaminhamento e direcionamento de pacientes para unidades de reabilitação do Estado de São Paulo, você pode confiar e realizar a internação com tranquilidade.


Fonte: Wikipedia ;

comentários

Estúdio Ao Vivo