06 de janeiro de 2022 às 11:17

Tratamento para drogas em Itu em unidades femininas

Por Renan Rugolo Ré, redator SEO do Grupo Braços Abertos
Com as unidades de terapia intensiva em Itu, pacientes mulheres podem se recuperar da dependência química e alcoolismo.

Crédito:Foto da Unidade de Itu


A quantidade de homens dependentes químicos é bem superior em comparação com o gênero feminino, estima-se que da quantidade de dependentes químicos, 70% a mais são homens. Contudo, a maioria das clínicas de recuperação são masculinas ou mistas, existindo poucas unidades estritamente femininas.


Mas o Grupo Braços Abertos é uma empresa com diversos parceiros que apoiam a recuperação em sua totalidade, com um tratamento para drogas em Itu em unidades femininas, a mulher pode ter o mesmo tratamento exercido pelas unidades 100% masculinas, porém, voltado estritamente para o público feminino.


Infelizmente, a quantidade de pessoas que se tornaram dependentes químicas aumentou consideravelmente em 2020 e 2021, fazendo com que as unidades de terapia intensivas (clínicas de recuperação) estivessem lotadas e com a capacidade máxima. Porém, um dado expressivo tem marcado as pesquisas da UNODC, onde o público feminino tem bebido mais e usado mais drogas.


Deste modo, com essa expansão da quantidade de dependentes químicos pelo país, mais unidades de recuperação foram abertas para atender a demanda. A plataforma do Grupo Braços Abertos, têm disponibilizado na própria ferramenta de busca as clínicas que são estritamente femininas, isso facilita o usuário encontrar a localização das unidades.


Tratamento para dependência química feminina em Itu


A cidade de Itu é um ponto chave no interior paulista. Ela faz a ligação entre Sorocaba e Campinas por meio de uma rodovia principal, por conta disso, Itu cresceu rapidamente e hoje é uma das cidades com uma qualidade de vida significativa no interior.


Com faculdades e universidades ao redor, a cidade recebe estudantes de diversas regiões do estado para estudar, trabalhar e fomentar o crescimento local. Com isso, Itu se destaca pela área da saúde mental e física, com diversas unidades de recuperação e profissionais altamente qualificados.


O tratamento para a dependência química feminina em Itu é surpreendente. Existem diversas unidades que são credenciadas a nossa plataforma que provêm uma reabilitação incisiva no campo da drogadição. Por meio destas unidades, a cidade tem alta capacidade de prover reabilitação para o gênero feminino.


Quais são as ferramentas para tratamento de mulheres nas clínicas?


As ferramentas utilizadas para o tratamento de pacientes do gênero feminino em Itu são realizadas através do acompanhamento médico, tratamento medicamentoso, terapia com psicólogo, terapia ocupacional e laborterapia. Assim, são trabalhadas as responsabilidades e a criação de uma rotina, que deve ser seguida após a alta da instituição.


Como é a alimentação em clínicas femininas em Itu?


A alimentação dentro das unidades na cidade de Itu, é fornecida e administrada através da nutricionista da casa em conjunto com a equipe de cozinha local. Sempre é escolhido alguém para auxiliar no preparo da comida, assim como nas tarefas de cozinha, mas sempre acompanhado do profissional.


Quem são os monitores das unidades?


A equipe de monitoria das clínicas em Itu, é constituída das pacientes mais velhas da casa em conjunto com as próprias monitoras que trabalham na instituição. Deste modo, é possível ter dinâmica nas atividades e uma organização impecável da unidade.


A laborterapia é obrigatória?


Sim! A clínica é um preparativo para que a pessoa além de se distanciar da droga, aprenda a ter uma vida sem a substância. Assim como devemos trabalhar para ter nosso sustento, dentro da unidade é obrigatória a realização de tarefas que mantenham a higiene, alimentação e bem estar de todos.


Portanto a laborterapia  consiste em arrumar a casa, lavar banheiros, retirar o lixo, cuidar da cozinha, lavar a louça, cuidar do jardim, limpar a piscina, preparar as refeições e cuidar da horta. Com todas trabalhando juntas, é possível manter a unidade impecável e trabalhar as responsabilidades individuais e do grupo.


Quais são as outras atividades que contribuem para a reabilitação em clínica de Itu


Nem só de trabalho é realizada a recuperação, a casa tem assistente social conveniada além de terapeuta organizacional. Assim, a cada dia de semana é realizada uma tarefa, trabalhando toda a parte cognitiva, emocional e mental das pacientes.


Existe também os horários de lazer, os grupos de apoio que frequentam a casa como Narcóticos Anônimos e Alcoólicos Anônimos. Conjuntamente, as unidades são ecumênicas, então qualquer atividade que remete a espiritualidade é bem vinda.


Como faço a internação em clínicas de recuperação feminina em Itu?


Para fazer a internação em Itu é simples, é só entrar em contato com o Grupo Braços Abertos diretamente. Independentemente do tipo de tratamento para  a mulher, sendo involuntário ou voluntário, nós fornecemos todo respaldo para que a família realize o procedimento corretamente.


Tratamento involuntário


Esse tratamento consiste em quando a família entra em contato com a clínica e solicita internação emergencial. Deste modo, a remoção (ambulância) da instituição vai até a residência da família e faz a internação involuntária, sem o consentimento do dependente. Ao passo que a pessoa está na instituição, a família realiza a internação com a equipe de administração.


Internação Voluntária


Normalmente a internação voluntária é constituída de etapas, mas é rápida e eficaz. A família entra em contato com o Grupo Braços Abertos e solicita a unidade que tenha a vaga. Assim, é realizada uma ponte entre instituição e família. O agendamento da visita pode ser realizado para que todos conheçam a unidade e caso a paciente tenha a intenção de realizar a internação é só se dirigir a ala administrativa e assinar o contrato.


Fonte: Grupo Braços Abertos

comentários

Estúdio Ao Vivo